GracieMag News

Erberth Santos empolga-se com GP da IBJJF: “A voz do povo é a de Deus”

Faixa-preta pede nova chance para integrar o GP da IBJJF. Foto; Carlos Arthur Jr.

Atual campeão mundial super pesado na faixa-preta, Erberth Santos foi um dos atletas mais indicados pelos leitores de GRACIEMAG para integrar o GP de Pesados que rola no IBJJF Pro League, no dia 26 de agosto em Las Vegas.

Antes mesmo de todos os nomes serem anunciados, a fera estava entre os favoritos ao convite. Erberth, em papo com GRACIEMAG, havia dito que não estaria no GP por ter outros planos, mas a situação mudou.

Com a saída de Roger Gracie e uma enxurrada de mensagens clamando pela presença do craque, Erberth voltou a contactar nossa equipe e revelou que voltou atrás, e que seu desejo agora é brigar pelos 40 mil dólares do primeiro lugar.

“Logo depois de conquistar o Mundial eu recebi muitos convites para seminários. O meu plano era competir os torneios que eu já estava inscrito, cumprir minha agenda e focar no Europeu. Contudo, após a saída do Roger Gracie, eu recebi muitas mensagens, mais ainda do que anteriormente, para integrar a disputa. Levei o pedido do público ao meu empresário, treinadores e equipe, e chegamos à conclusão que eu tenho condições de lutar também este GP e ser campeão. Eu quero esta vaga, sou a pessoa certa para completar o torneio. Espero que a IBJJF me dê a chance de brigar por este título. Os fãs estão pedindo muito, e a voz do povo é a voz de Deus”, declarou a fera.

O GP, até o momento, conta com sete nomes: Marcus Buchecha, Leandro Lo, André Galvão, João Gabriel Rocha, Mahamed Aly, Ricardo Evangelista e Dimitrius Souza.  E para você, amigo leitor, o nome de Erberth Santos é o melhor para completar a disputa? Poste nos comentários!

Marcus Buchecha analisa luta contra Roger no Gracie Pro Jiu-Jitsu: “Errei e paguei o preço”

Roger Gracie e Marcus Buchecha após a esperada revanche. Foto: Carlos Arthur Jr.

Em duelo histórico realizado no Rio de Janeiro, durante o Gracie Pro Jiu-Jitsu, Roger Gracie e Marcus Buchecha pisaram no tatame e colocaram 20 títulos mundias na faixa-preta em rota de colisão.

A disputa, que rolou no último domingo, dia 23, teve o Gracie como vencedor após chegar nas costas e estrangular com a lapela. Após a luta, Buchecha conversou com a equipe de GRACIEMAG com exclusividade, e analisou o andamento do duelo, a posição no solo que deu vantagem a Roger e a estratégia que não foi aplicada no combate.

Confira no vídeo abaixo!

Com a saída de Roger Gracie, quem deve entrar no GP de Pesados da IBJJF?

Qual a sua sugestão para integrar o GP de 40 mil dólares da IBJJF?

Em conversa exclusiva com GRACIEMAG, o campeão Roger Gracie revelou que não estará mais no GP de Pesados da Confederação Internacional de Jiu-Jitsu, o IBJJF Pro League, que rola no dia 26 de agosto, em Las Vegas. No papo, a fera disse que tinha planos de participar da disputa, mas a vitória épica sobre Marcus Buchecha no Gracie Pro de Jiu-Jitsu no último domingo lhe fez mudar de ideia.

Por tanto, com o desfalque do Gracie e a presença de Marcus Buchecha até então confirmada no evento, apenas sete nomes integram o torneio. Além do faixa-preta da Checkmat, estão escalados André Galvão, Leandro Lo, João Gabriel Rocha, Mahamed Aly, Ricardo Evangelista e Dimitrius Souza.

Com a negativa de Erberth Santos, nome extensamente ventilado pelos fãs, outros craques mais pesados entram na briga pela vaga, como Nicholas Meregali, Bernardo Farias, Alexander Trans e mais gigantes do Jiu-Jitsu.

E para você, amigo leitor, quem deve assumir a vaga no GP da IBJJF? Comente conosco!

Vídeo: Roger Gracie analisa vitória de despedida e dá recado a Buchecha

Roger explicou seu ponto de vista do combate histórico. Foto: Carlos Arthur Jr.

Dez vezes campeão mundial de Jiu-Jitsu pela IBJJF, Roger Gracie colocou o seu legado à prova no último domingo, dia 23, ao encarar o jovem e implacável Marcus Buchecha na luta principal do Gracie Pro Jiu-Jitsu, no Rio de Janeiro.

O duelo, programado para 15 minutos nas regras oficiais da IBJJF, se estendeu por 6 minutos e 52 segundos, após Roger puxar, escorregar para as costas e finalizar Buchecha no estrangulamento que levou o público presente ao delírio.

Após o combate, a equipe de GRACIEMAG conversou com a fera nos bastidores do evento. Confira abaixo a entrevista exclusiva com Roger Gracie no qual o campeão comenta como relembrou o último encontro com Buchecha para evitar um ataque, o detalhe para evitar as perigosas quedas e um recado para o quatro vezes campeão mundial absoluto!

Em luta histórica, Roger Gracie pega as costas e finaliza Marcus Buchecha no Gracie Pro Jiu-Jitsu

Nas costas de Buchecha, Roger ajusta o estrangulamento que lhe rendeu a vitória. Foto: Carlos Arthur Jr.

O último domingo, dia 23 de junho, entrou para a a história do Jiu-Jitsu. O Gracie Pro, realizado no Rio de Janeiro, foi o palco escolhido para a colisão de Roger Gracie e Marcus Buchecha, em revanche esperada por todos os fãs da arte suave. O público foi ao delírio desde o primeiro minuto de luta, mas o final seria o motivo da arena quase vir abaixo.

Roger Gracie, dez vezes campeão mundial pela IBJJF, encarava o mais novo e atual campeão mundial absoluto da IBJJF, também dez vezes medalhista de ouro pela organização, com a diferença de ter quatro medalhas do absoluto faixa-preta, enquanto Roger possui três. No primeiro embate, em 2012, a luta terminou empatada, e esta definiria o confere clássico com um vencedor.

A luta começou com Buchecha forte ao impor seu ritmo, com tentativas de queda no single-leg. Contudo, do outro lado estava Rojão, conhecido por sua calma nas lutas e técnica refinada. As tentativas de queda de Buchecha, que são letais para os demais atletas do mundo, não foram páreo para o Gracie. Após brigar e ficar de pé, foi Roger quem teve a iniciativa de trazer o combate para o solo, mas uma peculiaridade deu o caminho para a vitória.

Ao invés de puxar para sua guarda fechada temida, Roger, puxou Buchecha de lado, o que estranhou. Com o joelho no meio e pegada firme na manga esquerda de Buchecha, Roger levantou e chegou com habilidade nas costas do astro da Checkmat. O público  fazia muito barulho enquanto Roger ajustava o estrangulamento, até que os três tapinhas vieram aos 6min52s de luta, e o lendário Gracie se despediu dos tatames com a vitória que lhe faltava na carreira.

“Frustrei ele um pouco ao defender as quedas no começo da luta. Ele aumentou o ritmo no início mas não conseguiu a chegar na posição forte dele. Minha estratégia era cozinhar um pouco nos primeiros cinco minutos. Ele esperava eu puxar para a fechada mas eu puxei de lado com o joelho, uma posição forte minha. Eu caí bem nas costas dele, ele veio para o lado da minha mão boa e eu sabia que daquela posição eu não ia sair mais, era só ajustar”, disse Roger após o sucesso no combate da década em entrevista a GRACIEMAG.

Buchecha, por sua vez, comentou brevemente os detalhes da luta após a finalização.

“Meu erro foi deixar ele ditar o ritmo da luta. Ele conseguiu fazer uma boa pegada no meu braço esquerdo e me atrapalhou bastante. Na hora que ele subiu eu errei. A estratégia era não virar tanto no solo mas acabei por virar no reflexo e acabei pagando o preço”, disse o atual campeão mundial peso e absoluto da IBJJF.

Antes da luta derradeira, o Gracie Pro realizou as finais do seu torneio, que havia começado no sábado, dia 22. Entre os destaques estão os campeões absolutos Gustavo Saraiva (Gustavo Saraiva), que venceu Isaque Paiva (Saiko) por 9 a 0 nos pontos, e Tayane Porfírio (Alliance), que finalizou Jessica Constance Swanson (Soul Fighters) na kimura. Outros destaques na faixa-preta adulto ficaram para os campeões mundiais  da IBJJF que faturaram o ouro no torneio, como Antônio Braga Neto (Gordo JJ)), campeão pesadíssimo ao finalizar Antônio Assef (GFTeam) na kimura, e Celsinho Venícius (Ryan Gracie), que bateu Lucas Araújo (Alliance) por 7 a 0 na final.

Confira abaixo os resultados finais da faixa-preta!

Masculino

Pluma
Luis Cabral (Pitbull) venceu Wallace Ourique (Márcio Rodrigues) na decisão dos árbitros

Pena
Isaque Paiva (Saikoo) venceu Luciano Queiroz (GFTeam) por 4 a 2 nos pontos

Leve
Celsinho Venicius (Ryan Gracie) venceu Lucas Araújo (Alliance) por 7 a 0 nos pontos

Médio
Alexandre Cavalieri (Alliance) venceu Jayan Oliveira (GFTeam) por 4 a 0 nos pontos

Meio-Pesado
Jeancemy Santos (JJ for Life) finalizou Luiz Quinteiro (Gustavo Saraiva) no estrangulamento

Pesado
Marcos Junior (GFTeam) venceu Gildasio Santana (Instituto Reação) na decisão dos árbitros

Super Pesado
Rafael bragança (Gavazza) finalizou Irailson Costa (Halavanca) na americana

Pesadíssimo
Antônio Braga Neto (Gordo JJ) finalizou Antônio Assef (GFTeam) na kimura

Feminino

Médio
Maiara Angélica (Luiz Paulo JJ) venceu Jéssica Bate-Estaca (PRVT) por 6 a 0 nos pontos

Meio-Pesado
Jéssica Swanson (Soul Fighters) finalizou Glaucia Braga (Gracie Barra) na kimura

Gracie Pro: Peso-pena, Isaque Paiva garante vaga na final do absoluto; veja os destaques

Isaque após a vitória na semifinal do absoluto, que lhe rendeu vaga na final mais importante do domingo. Foto: Carlos Arthur Jr.

Os cariocas prestigiaram em peso o primeiro do Gracie Pro de Jiu-Jitsu, realizado na Arena Carioca 1, palco de inúmeras provas nos Jogos Olímpicos do Rio. A estrutura do evento fez jus ao tamanho do ginásio, e as 12 áreas de luta receberam grandes duelos na arte suave.

Entre os destaques na faixa-preta adulto, temos Isaque Paiva, da equipe Saikoo. A fera, que garantiu a vaga na final peso-pena para este domingo, dia 23, ao finalizar com um triângulo o atleta Douglas Ramos(Junior Guimba), chegou também a finalíssima do absoluto, ao vencer Marcos Junior (GFTeam) na semifinal.

No feminino, Tayane Porfírio (Alliance) garantiu o título no pesadíssimo sem adversárias, e no absoluto terá pela frente a atleta faixa-marrom Jessica Constance Swanson (Soul Fighters), em final mista.

Outros destaques na faixa-preta ficam para os campeões mundiais Celsinho Venícius (Ryan Gracie), que faz a final peso leve contra Lucas Araújo (Alliance), e Antônio Braga Neto, finalista no pesadíssimo que encara Antônio Assef (GFTeam), que acabou por tropeçar na semifinal do absoluto, deixando a vaga na finalíssima do aberto para Gustavo Saraiva (Gustavo Saraiva).

Ainda no evento, tivemos as atuações de Jéssica Bate-Estaca, ex-desafiante ao título peso-palha do UFC, que estreou na faixa-marrom ao bater uma faixa-preta e garantir a vaga na final mista de peso leve, e do feroz Rayron Gracie, filho de Ryan Gracie, que garantiu prata no pesadíssimo e no absoluto faixa-azul juvenil, em dois duelos duros contra Enzo Batista (Muzio/Soul Fighters)

As finais de faixa-marrom e faixa-preta será exibidas ao vivo pelo Combate neste domingo, dia 23, a partir das 13h (horário de Brasília), juntamente com o esperado duelo entre Roger Gracie e Marcus Buchecha na luta principal do evento.

Fique ligado no GRACIEMAG para a cobertura completa do evento!

Carlson Gracie e a história por trás do apelido “Apaga-Vela”, contada no livro de Marcelo Alonso

Capa do livro “Por trás do octógono”, em charge de Renato Aroeira. Foto: Divulgação

Saudoso grande mestre de Jiu-Jitsu, o lendário Carlson Gracie ficou conhecido por sua exímia habilidade de desembolar as posições mais complicadas e inventivas do Jiu-Jitsu, e também por sua paixão pelos polêmicos galos de briga.

Em um desses causos, surgiu o apelido de Antônio dos Santos, o famoso “Apaga-Vela”, um dos grandes amigos de Carlson juntamente com o também saudoso Osvaldo Paquetá.

O apelido inusitado surgiu após uma viagem de Carlson e Apaga-Vela, como conta o jornalista Marcelo Alonso no livro “Por trás do octógono”, lançado em parceria entre a editora PVT e Combate:

“Tudo aconteceu em uma noite em que Carlson subia a serra de Teresópolis em um Fusca, com 8 galos, acompanhado de seu inseparável amigo que também era o treinador das aves e parceiro de rinhas. O carro, subitamente, enguiçou na escura estrada. Carlson foi checar o motor do carro, enquanto Antônio acendeu uma vela para conferir os cabos por baixo do veículo. Ao enxergar pelo lado oposto, Carlson viu a gasolina que vazava de uma mangueira e gritou: ‘Apaga a vela! Apaga a vela!’ Tarde demais. O carro pegou fogo e só houve tempo de salvar os galos. O prejuízo do Fusca ficou, mas o apelido está gravado na história.”

Este e mais uma dezena de causos do grande mestre estão no livro “Por trás do octógono”, no qual Alonso celebra 25 anos cobrindo lutas O jornalista decidiu abrir seu baú de histórias fazendo uma seleção de 100 causos inéditos, que só poderiam ser contados por alguém que viveu de tão perto os bastidores do MMA, muito antes de ela ser considerada o esporte que mais cresce no mundo. O livro conta ainda com 25 charges do desenhista David Carvalho, além da charge do consagrado Renato Aroeira na capa.

O lançamento oficial será na Livraria da Travessa, no Barra Shopping, nesta sexta-feira, dia 21. No sábado e domingo, dias 22 e 23, será a vez da Arena Olímpica receber o evento, durante a realização do Gracie Pro. Já no dia 4 de agosto, Alonso faz o lançamento em São Paulo, na Saraiva Mega Store, do Shopping Ibirapuera. Além do “Por trás do octógono”,  os fãs de luta poderão adquirir também a segunda edição do livro “Do Vale Tudo ao MMA”, com preço promocional.

Carlson Gracie e Antônio “Apaga-Vela”, em desenho de David Carvalho para o livro de Marcelo Alonso. Foto: Divulgação

 

Vídeo: Passe a guarda com segurança na técnica de Alexandre Baraúna no Jiu-Jitsu

Confira o detalhes de do professor da GFTeam para passar a guarda. Foto: Flashsport

Um dos líderes da GFTeam, ao lado do mestre Júlio César Pereira, nosso GMI Alexandre Baraúna gosta de trabalhar a pressão característica da equipe em suas passagens de guarda. Por isso, escalamos a fera para ensinar na aula de hoje alguns detalhes importantes para você, amigo leitor, chegar fácil na lateral dos adversários.

O professor explica o método aplicado nas aulas e cursos de capacitação da equipe, o chamado APA (Antecipação, pressão e ajuste). A fórmula sintetiza o sucesso na passagem de guarda de alguns nomes conhecidos da equipe, como Rodolfo Vieira, Alexander Trans, Ricardo Evangelista, Igor Silva e outros exímios passadores.

Para ter um exemplo, confira abaixo a técnica justa de Alexandre Baraúna para passar a guarda. Quer aprender ainda mais? Faça uma visita ao nosso GMI GFTeam!

GFTeam Matriz
Rua Arquias Cordeiro, 478, Méier, Rio
# (21) 3497-0478
jc@gfteam.com.br
www.gfteam.com.br

José Aldo veste o kimono e se inscreve no Internacional Master de Jiu-Jitsu

José Aldo com seu fiel kimono em sessão de fotos para GRACIEMAG.

Já tradicional no Rio de Janeiro, o Internacional de Masters da IBJJF teve anunciado uma adição de peso para sua próxima edição, agendada para os dias 28, 29 e 30 de julho.

O palco do Tijuca Tênis Clube, famoso por receber grandes torneios da arte suave, terá nos seus tatames a presença de José Aldo, ex-campeão peso pena do UFC, está inscrito na divisão de peso leve do torneio, na categoria Master 1.

Faixa-preta da Nova União, José Aldo volta a ter o seu nome nas chaves da IBJJF após longos anos de dedicação ao MMA. Na faixa-marrom, a fera disputou grandes torneios de kimono, com bons resultados.

Na mesma chave, porém, temos dentre os nomes inscritos a fera Celsinho Venícius, da Ryan Gracie, que pode engrossar o caldo para o campeão do MMA em sua nova trajetória no Jiu-Jitsu.

E para você, amigo leitor, José Aldo tem o que é preciso para brilhar num torneio de Jiu-Jitsu? Comente conosco!

Renzo Gracie: “volto ao MMA depois do ADCC de setembro”

Renzo Gracie com Mario Filho e o narrador Eder Reis nos estúdios da FOX Sports. Foto: divulgação

Edmundo, hoje em dia comentarista dos canais Fox Sports, entra no estúdio para dar um abração em Renzo Gracie. Coincidência ou não, fez uma boa pegada mão com mão ao cinturar o velho amigo. Essa velha amizade começou nos tempos áureos do MMA no Japão. Renzão disse que estendeu a mão pro Edmundo, com a intenção de cumprimentá-lo: ” Fala fera!”. O Animal no entanto hesitou e olhou com uma mistura de poderosidade com desdém por alguns segundos, enquanto a mão de Renzo permanecia esticada. No melhor estilo Renziano de ser, ele disse: “Rapá, quando eu estico a mão a alguém, ou você aperta ela ou leva com ela no meio da cara”.  Foi quando alguém tentou amenizar a situação e avisou ao Edmundo: “Ele é o irmão do Ryan”. Não, não não, Renzo interrompeu e corrigiu imediatamente. “O Ryan é o irmão do Renzo”. E Edmundo apertou a mão dele, e foram felizes para sempre.

Na visita de Renzo Gracie à Fox Sports Brasil, com direito à transmissão ao vivo pelo facebook do Canal e do Fox Fight Club, o bate papo de cerca de uma hora comandado por Eder Reis e Mario Filho começou com Renzo se posicionando em relação à graduação do primo Rickson Gracie, recém promovido à faixa-vermelha pelo irmão mais velho Rorion Gracie. “O Rickson pode e merece usar a faixa da cor que ele quiser. Ele pode. E merece. Mas eu, no lugar dele, não teria aceito”, revelou Renzo que em breve dever ser condecorado com a faixa-coral. Mas na hora correta. Para Renzo, a regra que determina o tempo mínimo que um faixa-vermelha precisa ostentar a faixa-preta tem que prevalecer.

Ainda enquanto o assunto vestia o quimono, Renzo criticou e lamentou bastante a atual situação do judô brasileiro que não soube conciliar as projeções com as técnicas de chão para garantir melhores resultados na Olimpíada do Rio de Janeiro. Foi justamente fazendo uso do ne-waza (ou o jiu-jitsu ensinado na academia de Renzo em Nova Iorque) que Travis Stevens finalizou e imobilizou quase todo mundo e garantiu a medalha de prata para os EUA. E a fenômeno Kayla Harrisson colecionou outro ouro.

Quando o assunto inevitavelmente migrou para o MMA, Renzo enfatizou o potencial do sobrinho Neiman Gracie, que segue invicto no esporte e que vem de mais uma vitória por finalização no co-main event do histórico Bellator 180 do Madison Square Garden. Neiman brilhou mundialmente ao lutar entre a luta do Fedor e a luta do Wanderlei x Sonnen! “O Bellator tá fantástico, fantástico. Foi um aluno meu que começou o processo de negociação com a Viacom. Tem tudo para bater de frente com o UFC. Eu não perco mais nenhum evento do Bellator”, disse Renzo antes de revelar a declaração mais impactante de uma conversa tão rica em assuntos relevantes e de maneira tão informal.

Aos 50 anos de idade, seco, com cerca de 80 quilos, Renzão disse que aguarda um substituto para Matt Hugues (ainda em estado delicado de saúde) para a Superluta no ADCC da Finlândia em setembro, mas… “logo em seguida, volto ao MMA. É claro que o Scott Coker me fez oferta, o One FC também, mas eu ainda tenho contrato com o UFC.  Não posso divulgar nem onde nem com quem, até porque não sei, mas depois do ADCC volto ao MMA”, finalizou Renzo. Finalizou Renzo, desculpe a redundância.

E você, quer aprender Jiu-Jitsu com Renzo e não pode ir à Nova York? Inscreva-se no curso online em gallerr.com/academy

*Mario Filho é faixa-preta de Jiu-Jitsu, produtor e comentarista do canal FOX Sports Brasil

Vídeo: Isaque Bahiense comenta sobre a polêmica das trocas de equipe no Jiu-Jitsu

Isaque Bahiense ao lado de Fernando Tererê. Daniel Amaral/ Gallerr.com

Condenada por alguns e vista com bons olhos por outros, a polêmica troca de equipes no Jiu-Jitsu continua sendo um tabu. Qual a diferença entre a busca de conhecimento e a “creontagem”? A linha tênue do assunto mudança de time foi analisada pelo faixa-preta Isaque Bahiense, que recentemente foi campeão no Abu Dhabi Grand Slam de Tóquio.

Representante da Alliance, Isaque começou sua estrada no Jiu-Jitsu e defendeu a Nova União por oito anos. A fera contou um pouco do seu delicado processo, ao lado do professor Fernando Tererê.

Confira as declarações de Isaque no vídeo abaixo, produzido por nossos parceiros da Gallerr,  e poste nos comentários a sua opinião!

Jiu-Jitsu: A kimura de Cláudio Caloquinha no absoluto sem kimono do BH Open

Caloquinha em ação no Belo Horizonte Open. Foto: No Tatame/IBJJF

Competidor ávido e um dos líderes da Gracie Barra BH, nosso GMI Cláudio Caloquinha mostrou que está com as técnica afiadas na modalidade sem kimono do nosso bom Jiu-Jitsu. De olho em uma vaga no ADCC 2017, na Finlândia, a fera segue na luta para mostrar o seu valor e receber o convite de lutar o torneio.

Para tal, Caloca apresentou no último BH Open, realizado neste mês em Minas Gerais, toda sua força e habilidade na disputa sem pano, e voltou para casa com dois ouros no peso. Depois de brilhar no meio-pesado, Caloquinha se jogou no absoluto, e fez a final contra Marcos Aurélio (GFTeam).

Em boa transição da sua arisca guarda, o professor Caloquinha colocou Marcos em posição complicada nkimura. O faixa-preta da GFTeam tentou escapar com garra, mas acabou por bater na finalização de Caloquinha.

Confira o lance e estude os detalhes na finalização de Cláudio Caloquinha!

Confira os resultados da V Etapa da Copa Prime de Jiu-Jitsu, em Porto Alegre

Campeão mundial faixa-preta pela IBJJF, Nicholas Meregali(kim. azul) se jogou no absoluto da Copa Prime. Foto: Esa Guedes/Pro Sports

No último domingo, dia 16, rolou a V Etapa da Copa Prime de Jiu-Jitsu, no parque esportivo da PUCRS. O evento contou com a presença de atletas iniciantes e de alto rendimento, como o atual campeão mundial Nicholas Meregali.

A disputa pelo título de Top Ranking deste ano está mais acirrada a cada etapa, com grandes combates e muito suor, determinação e lágrimas. Os atletas estão desafiando seus limites dentro dos tatames gaúchos.

Com uma equipe forte e com muita técnica, a academia Aliance Mario Reis sagrou-se campeã na categoria adulto, seguida pelas academias Drill BJJ School e Scorpyon Jiu Jitsu, que faturaram o segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Na categoria Master, a melhor equipe foi novamente a Aliance Mario Reis. A academia Guetho Jiu Jitsu conquistou o segundo lugar e a academia Behring Jiu Jitsu o terceiro.

Na divisão Kids, que mostrou a força da nova geração, a academia Alliance Mario Reis mais uma vez sagrou-se campeã, seguida pelas academias Scorpyon Jiu Jistu e Dril BJJ School.

Confira os principais resultados dos absolutos.

Absoluto Adulto Masculino
Faixa-Branca
1º – Renan da Silva Souza – Alex Tchaka e Michel Maia
2º – Eduardo Buriol de Oliveira – Drill BJJ School
3º – Rafael Martinez Fett – Ratão Brasa Jiu Jitsu
3º – Carlos Fritzen – Equipe A

Absoluto Adulto Masculino
Faixa-Azul
1º – Bruno Andrade Zacher Alliance Mario Reis
2º – Luis feipe Chaves Pereira – Behring Jiu Jistu
3º – Ramiro Campos Meirelles – Alliance Mario Reis Porto Alegre
3º – Gabriel Dias Mattivi – Guetho Jiu Jitsu

Absoluto Adulto Masculino
Faixa-Roxa –
1º – Flavio Goularte Pacheco – Alliance Mario Reis Porto Alegre
2º – Ernani Gonçalves do Amaral – Rilion Gracie
3º – Guilherme Cleovan da Rosa – Scorpyon Jiu Jitsu
3º – Vinicius do Canto Martins – Alliance Mario Reis

Absoluto Adulto Masculino –
Faixa-Marrom –
1º – Fabio Agnes Alano – Alliance Mario Reis
2º – Arthur de Araujo Detanico – JA Jiu Jitsu
3º – Jackson Paim da Silva – Scorpyon Jiu Jitsu
3º – Douglas Francisco Albuquerque Duarte – Scorpyon Jiu Jitsu


Absoluto Adulto Masculino –
Faixa-Preta –
1º – Giovanne Guedes Dellamea – Alliance Mario Reis
2º – Nicholas Meregali – Alliance Mario Reis
3º – Leonardo Morosetti de Lima – Thork Jiu Jitsu
– – –
Absoluto Adulto Feminino –
Faixa-Branca –
1º – Iasmim Casser da Silva – Garra Team
2º – Cintia Camargo da Fontoura – Infight Sul JJ
3º – Larissa dos Santos Tedesco Alliance Mario Reis
3º – Katiuri Antonia Novelleto – Union Jiu Jitsu CT
– – –
Absoluto Adulto Feminino –
Faixa-Azul –
1º – Franciele Refiel de Souza – Alex Tchaka e Michel Maia
2º – Victoria Leite de Oliveira – Guetho Jiu Jitsu
3º – Larissa Giacomini – RB Jiu Jitsu
3º – Eva Veronica da Silva Xavier – PSLPB Cicero Costha RS

Absoluto Adulto Feminino
Faixa-Roxa –
1º – Melissa Stricker Cueto – Drill BJJ School
– – –
Absoluto Master 1 Masculino –
Faixa-Branca –
1º – Everton Zanette – JA Jiu Jitsu
2º – Guilherme Fonseca Pereira Drill BJJ School
3º – Emerson Duarte Rieger – Thork Jiu Jitsu
3º – Alvair de Abreu Beck – Marra Senki Jiu Jitsu

Absoluto Master 1 Masculino –
Faixa-Azul –
1º – Vinicius Lacerda – Alliance Mario Reis
2º – Edson Tealdo de Castro – Guetho Jiu Jitsu
3º – Clovis Fernando Moreira Engelles – Union Jiu Jitsu CT
3º – Cristóvão Wolff Ribeiro Alliance Mario Reis

Absoluto Master 1 Masculino –
Faixa-Roxa – –
1º – Matheus Barden – Guetho Jiu Jitsu
2º – Lucas Duarte Vidal – Guetho Jiu Jitsu
3º – Marcos Paulo Machado dos santos Scorpyon Jiu Jitsu
3º – Marcel Furtado – Scorpyon Jiu Jitsu

Absoluto Master 1 Masculino
Faixa-Marrom –
1º – Victor Ariel Pasquali – JA Jiu Jitsu
2º – Felipe Xavier de Macedo Silva Scorpyon Jiu Jitsu
3º – Cristian Weber Equipe A
3º – Gregor Fagundes Leal Thork Jiu Jitsu

Absoluto Master 1 Masculino –
Faixa-Preta –
1º – Fabio de Assunção Pulita – Alliance Mario Reis
2º – Renan Rodrigues – Alliance Mario Reis
3º – Tiago Pereira Neves – Rilion Gracie
3º – Gabriel Azambuja Garin – Behring Jiu Jitsu

Absoluto Master 2 Masculino –
Faixa-Branca –
1º – Petter Thomaz Medeiros Luz – Alex Tchaka e Michel Maia
2º – Marcelo Henrique Severo – PSLPB Cicero Costha RS
3º – Cristiano Rudolfo Sauer – Scorpyon Jiu Jitsu
3º – Leonardo Holsback – Scorpyon Jiu Jitsu

Absoluto Master 2 Masculino –
Faixa-Azul –
1º – Emerson Machado Ribeiro Marra Senki Jiu Jitsu
2º – Roberto da Rosa Muraro – Gracie Barra
3º – Gladstone Tixeira Wamburg – Union Jiu Jitsu
3º – Alvaro Nardes – Alisson e Ademir JJ Team

Absoluto Master 2 Masculino
Faixa-Roxa – –
1º – Renato Severino Werlang – Scorpyon Jiu Jitsu
2º – Leandro Gomes Ribas Mestre Julio Seco
3º – Cesar Luis Thomaz Vianna – Mestre Julio Seco
3º – Fernando Lothar do Amarante Union Jiu Jitsu

Absoluto Master 2 Masculino
Faixa-Marrom e Preta –
1º – Daniel Lopes Rodrigues – Mestre Julio Seco
2º – Fabio Henrique Paim Flores – Imperio da Luta/ Soul Fighters
3º – Fabio Andre Freitas dos Santos Alliance Mario Reis
3º – Paulo Gilberto Silva dos Santos – Scorpyon Jiu Jitsu

Absoluto Master 3 Masculino –
Faixa-Branca –
1º – Leonidas Burtet Junior Brazuka Jiu Jitsu
2º – Marco Turco de Oliveira – Alliance Mario Reis
3º – Edilson Luis Mandicaju Martins Rilion Gracie


Absoluto Master 3 Masculino –
Faixa-Azul –
1º – Lairton Jose Primaz – OS Phoenix
2º – Rodrigo Sosa – Behring Jiu Jitsu
3º – Marcelo Franca – Alliance Mario Reis
3º – Marco Aurelio Ramos da Silva Alliance Mario Reis

Absoluto Master 3 Masculino –
Faixa-Roxa – –
1º – Marcio Cristiano Becker – Drill BJJ School
2º – Marcelo Ribeiro da SIlva – Behring Jiu Jitsu Porto Alegre


Absoluto Master 3 maculino – –
Faixa-Marrom e Preta –
1º – Edison Teixeira Neubert – Guetho Jiu Jitsu Capão da Canoa
2º – Alexandre Souza de Souza – Union Jiu Jitsu CT
3º – Marco Antonio Lopes da SIlva Guetho Jiu Jitsu
3º – Alex Luiz dos Anjos Santos – Alex Tchaka e Michel Maia

Absoluto Master 4 Masculino
Faixa-Azul –
1º – Luis Carlos Quevedo Pereira – Delariva
2º – João Carlos Fernandes de Freitas – Alex Tchaka e Michel Maia
3º – Adilson Rodrigues – Alex Tchaka e Michel Maia


Absoluto Master Feminino
Faixa-Branca –
1º – Marcela Menischi Mello – Brazuka Jiu Jitsu
2º – Karina Araujo da Silva – QG 557 André Machado BJJ


Absoluto Master Feminino –
Faixa-Azul –
1º – Luisiane da Silva Nicandio Pedroso – Mestre Julio Secco
2º – Aislana Duarte de Rose – Lotus Club

Para conferir os resultados na íntegra acesse o site: www.prosports.com

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Como Conor McGregor está se saindo nos treinos de boxe para Mayweather?

McGregor em treino com luvas de boxe ara o UFC. Foto: Zuffa LLC via Getty Images

Astro no MMA e primeiro atleta do UFC a ter dois cinturões simultâneos, Conor McGregor está prestes a fazer a maior luta de sua vida, ao trocar os cages pelo ringue. Acostumado a lutar por bolsas milionárias no Ultimate, os números agora estão ainda maiores. No desafio do dia 26 de agosto, Floyd Mayweather, invicto campeão de boxe, estará do outro lado do córner para a luta que deve render aproximadamente 100 milhões de dólares para o irlandês. Contudo, como será que está a preparação da fera do MMA para surpreender no boxe?

A dúvida começa no quesito físico. Será que um atleta de MMA tem melhores condições no gás contra um boxer? Vale lembrar que Mayweather já está na casa dos 40 anos, enquanto McGregor acaba de completar 29 anos. Mas a pergunta maior de todas é: Como será que McGregor se sairá no ringue?

Somado ao já habitual ritmo de preparação, como nos camps para o MMA, a equipe do irlandês revelou o aumento já esperado das sessões de sparring, para afiar as precisas canhotas atiradas por McGregor. Além disso, o campeão de boxe Paulie Malignaggi foi escalado para trazer ainda mais caldo na preparação do irlandês.

Mesmo com todo o aparato, o caminho de McGregor para a luta de boxe foi posta em cheque esta semana. Rumores de que o boxeador Brandon Rios havia nocauteado Conor em sessão de sparring mudaram as expectativas nas casas de apostas. Porém, o boato foi rapidamente desmentido, tanto pelo atleta quanto pela equipe de McGregor.

Agora, basta a nós esperar que caldo sairá dos treinos de McGregor para o duelo cercado de expectativa no mundo todo. Foram quatro coletivas em forma de show em três países diferentes, cercadas de provocações e espetáculo. Será que a mudança de ares será uma motivação maior para que Conor McGregor volte a fazer sua estrela brilhar, ou o duelo será um fisco para o irlandês ao ser dominado pela experiência de Mayweather? Veja um pouco da movimentação da fera no vídeo abaixo e comente conosco, amigo especialista em lutas!

Com prêmios iguais para homens e mulheres, público feminino chega em peso no Gracie Pro Jiu-Jitsu

Presença massiva de atletas e espectadoras surpreendeu. Foto: John Cooper

A edição inaugural do Gracie Pro colocará frente a frente os decacampeões mundiais de Jiu-Jitsu Roger Gracie e Marcus Buchecha, mas outro fato está chamando a atenção da organização do evento: o grande interesse do público feminino. Assim, neste final de semana, sábado e domingo, dias 22 e 23 de julho, a Arena Carioca 1, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, palco do show, ficará ainda mais bonita.

O evento é idealizado e organizado por Kyra Gracie, e a imagem da multicampeã mundial de Jiu-Jitsu parece ter influenciado o público feminino da modalidade. É alto o número de inscrições e compra de ingressos por mulheres, o que anima ainda mais a organização do evento.

“Fiquei muito feliz com a alta procura do público feminino pelo Gracie Pro, tanto para competir como para assistir. Nós respeitamos muito a igualdade de condições para gêneros, e a prova disso é a igual premiação para as categorias no feminino e no masculino. O evento ficará ainda mais bonito com a presença das mulheres”, comemora Kyra.

A grande vencedora da divisão absoluto adulto nas faixas preta e marrom, que serão disputadas juntas, levará para casa a premiação de R$ 4.000,00 (quatro mil reais), enquanto na faixa-roxa o prêmio é de R$ 400,00 (quatrocentos reais) e na faixa-azul é de R$ 300,00 (trezentos reais). Na faixa-azul, a melhor ganhará um kit do evento, que inclui um kimono.

Para acompanhar as lutas e as atividades de sábado, o ingresso custa R$ 5,00 (cinco reais) e mais 1 kg de alimento não perecível, que será doado para instituições carentes. A venda acontecerá apenas no dia 22 de julho, primeiro dia do evento, na bilheteria da Arena Carioca 1. Já no domingo, dia das finais de faixas-pretas e faixas-marrons, além da superluta entre Roger Gracie e Marcus Buchecha, o ingresso de arquibancada custa R$ 75,00 (setenta e cinco reais) e estão disponíveis através do site www.graciepro.com.br. Os ingressos de meia entrada necessitarão de comprovação documental para acesso ao local do evento.

O Gracie Pro também oferece aos fãs translado de ida e volta ao evento, com quatro pontos de saída e desembarque dentro do complexo do Parque Olímpico. O valor do serviço é de R$ 35,00 (trinta e cinco reais), e os pontos de saída são: Zona Sul (Othon Hotel Copacabana), Zona Norte (Shopping Nova América), Zona Oeste (Shopping Barra Point) e Niterói (Praia de São Francisco). Os tíquetes do serviço podem ser comprados também através do site oficial do evento, na área “Ingressos”.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Chegou a vez do Campeonato Cearense de Jiu-Jitsu; Inscreva-se e brilhe em Fortaleza

Fortaleza vai ferver com o Campeonato Cearense de Jiu-Jitsu. Foto: Divulgação

O calendário competitivo do Jiu-Jitsu cearense não para, e a próxima competição no calendário é o Campeonato Cearense  com e sem kimono, que está marcado para o dia 6 de agosto, no ginásio da Faculdade Estácio-Centro, em Fortaleza.

Com fácil acesso aos competidores, o evento se torna obrigatório para quem gosta de competir pelos pontos importantes no Ranking MEIAGUARDA.

Além disso, os campeões dos absolutos adulto masculino de kimono ganham kimonos novinhos, enquanto a galera do juvenil, do master e do sênior masculino, além do feminino adulto,  levam 50% do valor arrecadado de cada absoluto em disputa. Já os melhores dos abertos sem kimono serão recompensados com kits Meiaguarda.

As inscrições estão a todo vapor e o prazo final para participar é no dia 2 de agosto. Até dia 28 de julho, contudo, a inscrição será com desconto.

As matrículas devem ser feitas nas lojas 1º Round, OSS e Fort Nutri.

Confira os valores da inscrição (lote até 28 de julho):

Categoria – R$ 50,00
Absoluto – R$ 30,00
Com kimono + Sem kimono (Categorias) – R$ 90,00
Com kimono + Sem kimono (Categorias + Absolutos) – R$ 140,00
Projeto Social – R$ 25,00

Mais informações podem ser obtidas através do telefone (85) 98586-2080 ou pelo site www.meiaguarda.com.br

(Fonte: Assessoria de imprensa)

A superluta de Jiu-Jitsu Marcus Buchecha x Roger Gracie já começou no RJ

Roger Gracie alonga após treino. Renzo, Leão Teixeira, Léo Leite e Rayron conversam.

No balcão de uma renomada casa de sucos do Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro, Roger Gracie, de 35 anos, pede um açaí com banana e uma salada de galinha com queijo minas. O professor carioca radicado na Inglaterra tem fome, após dar uma meia dúzia de treinos com caras como Leonardo Leite, amigo da Alliance Rio, e pede para provar o açaí com gengibre do repórter.

“Interessante, mas achei que mata o sabor do açaí”, opina.

Em torno do balcão, a família mais respeitada do mundo das artes marciais também se alimenta. Grande mestre Robson Gracie devora umas fatias de pão, perto de seu filho Renzo e do neto Rayron, filho de Ryan.

Diante do também faixa-vermelha Reyson, Relson Gracie conta histórias, e surpreende ao dizer que conversou com Marcus Buchecha outro dia. “Estava na praia, e vi o bicho, gigante. Dei uma camisa da Relson Gracie Havaí para ele, que vestiu na hora. Ele agradeceu e falou: ‘Mestre, domingo vai ser uma guerra’. Guerra contra o meu primo…? Quase pedi a camisa de volta”, diz Relson, os olhos arregalando com expressividade, para gargalhada geral.

“Como essa luta será ninguém pode saber”, emendou Renzo na lanchonete. “Mas será um duelo clássico e empolgante. Buchecha está muito forte, mas temos um velho lema na família: se for para enfrentar um adversário fraco, nem vale lutar. Quanto maior o desafio pela frente, melhor”.

Marcus Vinicius “Buchecha”, de 27 anos, está fazendo seus últimos treinos na BTT e na Checkmat do Rio de Janeiro. O primeiro encontro dos dois titãs do Jiu-Jitsu estava marcado para o fim da tarde desta terça, nos estúdios do Canal Combate. “Ah, o que era para ser feito já foi feito. Esses últimos treinos são só para dar uma suadinha mesmo”, disse o atual pentacampeão mundial absoluto, capa da mais recente edição de GRACIEMAG.

Buchecha está pesando 110kg, Roger um pouco menos de 100kg, segundo suas equipes. Será o segundo confronto entre os ídolos do Jiu-Jitsu mundial, cada um com dez ouros na faixa-preta no Mundial da IBJJF.

No primeiro embate, as feras empataram no Metamoris em 2014, em duelo sem pontos ou placar.

“Vi todas as lutas do Buchecha no Mundial, e a explosão dele ao derrubar me chamou a atenção. Por isso os treinos com o Léo Leite na Alliance Rio e os que fiz com o Roberto Cyborg recentemente foram bons para mim”, comentou um Roger com as feições compenetradas, em papo com a reportagem de GRACIEMAG.

Ambos estão levando a sério, e o duelo final entre os dois maiores tubarões brancos do Jiu-Jitsu será neste domingo, 23 de julho, na Arena Olímpica, no novo evento Gracie Pro. A superluta terá 15 minutos de duração e vai rolar entre 13h e 17h, com transmissão do canal Combate e do site FloGrappling.

Qual dos dois tubarões vai morder por último, amigo leitor?

Assine a GM e receba um kimono KORAL

A parceria que sempre agitou o mundo do Jiu-Jitsu está de volta!

GRACIEMAG e Koral uniram forças novamente para oferecer a você, amigo leitor, a oportunidade de assinar a maior e melhor revista do planeta dedicada à arte suave e, de quebra, receber um kimono KORAL CLASSIC SLIM FIT SÉRIE LIMITADA novinho!

E como se isso não fosse o suficiente, vale destacar ao fazer sua assinatura e garantir seu kimono você aproveita um desconto de pelo menos R$ 100.

CLIQUE AQUI ou no link da cor de kimono de sua preferência e assine

ASSINATURA GM + KORAL CLASSIC SLIM FIT BRANCO

ASSINATURA GM + KORAL CLASSIC SLIM FIT PRETO

Tá duvindando? Basta pegar a calculadora e conferir.

O kimono CLASSIC SLIM FIT da Koral sai por R$ 329 no mercado. Já a assinatura GRACIEMAG, sem kimono, sai por R$ 119. Logo, R$ 329 + R$ 119 = R$ 448.

Já na oferta especial de assinatura você garante o kimono e a assinatura por R$ 349. E ainda com o frete GRÁTIS.

Você ainda pode parcelar em até 12x no cartão de crédito, ou comprar à vista no boleto bancário ou via débito em conta.

Tá esperando o que para mergulhar nessa?

CLIQUE AQUI, assine e comemore.

ALERTA! Vale lembrar que para esta promoção temos estoques limitados de kimonos. Então é bom não marcar bobeira.

Boas compras e bons treinos.

OSS!

Aprenda o estrangulamento rodado que sacudiu o Grand Slam de Tóquio

Uma publicação compartilhada por GRACIEMAG Edição Brasileira (@graciemag_br) em Jul 15, 2017 às 6:09 PDT

No primeiro evento do Abu Dhabi Grand Slam na temporada 2017/2018, realizado em Tóquio no Japão, grandes emoções e lutas memoráveis foram apresentadas na divisão de faixas-pretas. Contudo, uma finalização plástica roubou a cena e sacudiu as redes sociais de GRACIEMAG no último final de semana.

O executor do movimento foi Alexandre Vieira. Faixa-preta da BTT, a fera aplicou um espetacular estrangulamento rodado, no qual suspende seu oponente e este apaga antes mesmo de ser lançado ao solo novamente.

A técnica de Alexandre foi ensinada pelo o mesmo anos atrás, em vídeo que você confere logo abaixo. Assista, confira os detalhes e jogue bonito no seu próximo treino!

Jiu-Jitsu: Reveja o mata-leão de Alexandre Pantoja no UFC Glasgow

Pantoja no mata-leão vencedor do UFC Glasgow. Foto: Josh Hedges/ Zuffa LLC via Getty Images

Em evento marcado pela quantidade de nocautes, inclusive o aplicado por Santiago Ponzinibbio sobre Gunnar Nelson na luta principal do UFC Escócia, uma finalização brasileira chamou a atenção ainda no card preliminar.

Alexandre Pantoja, atleta que fez sua segunda luta no UFC no último domingo, dia 16, sacudiu a poeira após vencer em sua estreia por decisão dividida e usou o Jiu-Jitsu para contabilizar sua primeira finalização no evento.

Em luta válida na divisão de pesos-moscas, Pantoja encarou Neil Seery. Após chegar no solo e pegar as costas, o brasuca trabalhou justo para sobrepujar as defesas de Seery e aplicar o mata-leão que lhe rendeu a vitória.

Confira o detalhe do atleta para passar o braço e apertar no vídeo abaixo!

UFC Escócia
Glasgow, Escócia
16 de julho de 2017

Santiago Ponzinibbio nocauteou Gunnar Nelson a 1min22s do R1
Cynthia Calvillo venceu Joanne Calderwood na decisão unânime dos jurados
Paul Felder nocauteou Steven Ray aos 3min57s do R1
Jack Marshman venceu Ryan Janes por decisão unânime dos jurados
Khalil Rountree nocauteou Paul Craig aos 4min56s do R1
Justin Willis venceu James Mulheron na decisão unânime dos jurados

Card preliminar

Danny Roberts nocauteou Bobby Nash aos 3min59s do R2
Alexandre Pantoja finalizou Neil Seery no mata-leão aos 2min31s do R3
Galore Bofando nocauteou Charlie Ward aos 2min10s do R1
Danny Henry venceu Daniel Teymur na decisão unânime dos jurados
Brett Johns venceu Albert Morales na decisão unânime dos jurados
Leslie Smith venceu Amanda Lemos por nocaute técnico aos 2min53s do R2

Pages